Lifting de Coxa

Esta cirurgia está indicada para pessoas acima de 40 anos, que tenham flacidez acentuada nessa região, ou para jovens que passaram por emagrecimento severo, apresentando excesso de pele e flacidez.

A saúde e o bem-estar também podem ser melhorados após a plástica, pois ela elimina o atrito entre as coxas, que costuma causar a foliculite (inflamação dos pêlos), dificultar a caminhada, principalmente no calor, e até mesmo produzir odor desagradável.

O lifting de coxas consiste em uma incisão (corte) na parte da frente, entre o grande lábio vulvar e a coxa, que continua na parte de trás, na transição entre as nádegas e a região lombar, exercendo um lifting também na região glútea. O objetivo é reposicionar a pele, retirando o excesso de tecido sem elasticidade.

A diferença entre o lifting e a lipoaspiração é que esta tem como finalidade a diminuição do volume entre as coxas, por meio da aspiração da gordura localizada nessa região. Já o lifting tem a intenção de retirar o excesso de pele, corrigindo a flacidez local.

Devido à sensibilidade da região, é indicado que sejam feitos poucos movimentos no pós-operatório imediato, assim como nas duas primeiras semanas. A boa recuperação requer ainda muito cuidado com a higiene. A região em que é feita esta cirurgia tem maior sudorese, por estar entre dobras da pele, por isso é preciso mantê-la bem limpa e seca.

O período para recuperação leva de 45 dias a 3 meses. É contra-indicada a prática de exercícios, esportes e esforços físicos nos primeiros três meses.