Toxina

Quando rimos, ficamos bravos ou expressamos espanto ou dúvida, os músculos da mímica facial se contraem, pois são inseridos na derme, e formam as chamadas “linhas de expressão”. Com o passar do tempo, estas linhas tornam-se mais acentuadas e ficam mais visíveis, formando os famosos “pés-de-galinha”, as rugas da testa,e os vincos entre as sobrancelhas .
Várias revistas de estética e beleza, bem como reportagens de TV e outros meios de comunicação vêm apresentando artigos sobre essa toxina purificada que ameniza rugas e linhas de expressão, ao lado de depoimentos de pacientes que se submeteram ao tratamento com a mesma, comprovando a eficácia do produto.

A aplicação da toxina, é um procedimento não-cirúrgico, realizado em consultório médico, sem necessidade de hospitalização, e que permite a liberação do paciente para suas atividades normais imediatamente após a realização do procedimento.

Indicações

Qualquer pessoa com marcas de expressão que a incomodem pode se submeter ao tratamento com a toxina, porém o paciente deve ser individualmente avaliado pelo médico para que este indique o tratamento ideal para cada caso.

Procedimento

Após esta avaliação prévia, aplicamos anestésico tópico alguns minutos antes do procedimento. Realizamos injeções locais, intramusculares, utilizando seringas e agulhas extremamente delicadas, que liberam pequenas quantidades do produto. A grande maioria dos pacientes não relata dor significativa, apenas um leve desconforto no local das aplicações.

Cuidados

Recomendamos que o paciente não manipule o local da aplicação e não deite por um período de quatro horas. Os primeiros resultados são visíveis em aproximadamente quatro dias, sendo o efeito terapêutico máximo em torno de quinze dias.

Modo de Ação

A toxina atua relaxando a musculatura local e, consequentemente, impedindo a contração muscular e a formação de linhas de expressão. Portanto, quando o paciente apresenta linhas em repouso, ou seja, independentemente da contração dos músculos faciais, ou quando a flacidez facial é acentuada, poderá haver melhora, mas o paciente deverá ser alertado das limitações do tratamento neste caso.

Duração

A duração do efeito terapêutico do medicamento varia de paciente para paciente, sendo, em média, de 3 a 6 meses. Após este período, a reaplicação está indicada.

Contra-indicações

A toxina está contra-indicada em gestantes, pois a segurança de seu uso nestas pacientes ainda não está bem comprovada.